N SemanárioBarcelosPS Barcelos retira a confiança política a Joaquim Barreto...

PS Barcelos retira a confiança política a Joaquim Barreto e Anabela Real demitindo-a do secretariado concelhio e pede ao PS nacional que os retire da lista de deputados por violação de princípios éticos e democráticos

-

- Publicidade -

Após a concelhia ter escolhido o nome de Manuel Mota para figurar nas listas à Assembleia da República, Joaquim Barreto de forma unilateral substituiu-o por Anabela Real

A lista de candidatos a deputados pelo círculo eleitoral de Braga, às próximas eleições legislativas de 30 de Janeiro de 2021, aprovada pela Comissão Política da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista está a gerar forte contestação da concelhia barcelense após Joaquim Barreto, presidente da distrital, ter decidido substituir Manuel Mota por Anabela Real.

Cumprindo as indicações do presidente da federação distrital, a Comissão Política Concelhia de Barcelos do Partido Socialista reuniu na passada terça-feira e elegeu o atual líder da bancada do Partido Socialista na Assembleia Municipal de Barcelos e ex deputado à Assembleia da República, Manuel Mota, como o nome indicado por Barcelos para a referida lista de candidatos a deputados.

Manuel Mota foi o escolhido por Barcelos após vencer eleição interna

Esta escolha ocorreu após eleição à qual, além de Manuel Mota, concorreram os ex deputados à Assembleia da República, Lucinda Fonseca e Jorge Quinta, o ex candidato à presidência da câmara de Barcelos, Horácio Barra, o deputado municipal, Nuno Martins e a vereadora Anabela Real.

Em comunicado publicado nas redes sociais, o PS Barcelos mostra-se incrédulo por ver confirmado “o que há muito era notícia, de forma oficiosa: com atos concretos por parte de Joaquim Barreto e Anabela Real, nas costas dos órgãos legitimados, havia já sido acordado que seria esta a candidata em representação da concelhia de Barcelos, não passando todos os atos preliminares à reunião de ontem de manobras dilatórias até à consumação da ‘farsa’”.

Joaquim Barreto foi reeleito na distrital de Braga em 2020

Afirma a comissão política barcelense que “Joaquim Barreto e Anabela Real violaram os mais elementares princípios éticos e democráticos, sujeitando camaradas com percurso público prestigiado e a maior secção nacional do Partido Socialista a um processo, que se provou ser sectário, antidemocrático e indigno de um atual deputado à Assembleia da República e putativos candidatos nas legislativas de janeiro próximo” e que o Partido Socialista “não pode pactuar com este tipo de atitudes e práticas políticas por quem se diz seu representante”.

Afirma ainda o mesmo comunicado que “Joaquim Barreto, que demonstrou atitude similar nas legislativas de 2019 levando à avocação da lista de deputados pela direção nacional do PS, nada aprendeu com os erros do passado. Insiste numa prática política que tem fragilizado o Partido Socialista no distrito, como o demonstrou a ingerência no processo autárquico em Barcelos, com a perda da câmara municipal e a consequente vitória do PSD, que passou, assim, a líder 3 das 4 grandes câmaras do distrito de Braga. E que continua a ser claramente maioritário no distrito de Braga com a presidência de 9 câmaras municipais, contra 5 do nosso partido. O que se compreende pelo clima de guerrilha alimentado pelo atual presidente da federação, em vários concelhos, como a comissão política de ontem confirmou”.

Terminam afirmando que “é imperioso restituir a credibilidade política ao PS no distrito de Braga” e lembraram que tal como dizia Mário Soares, “só é derrotado quem desiste de lutar”.

A Comissão Política decidiu assim retirar a confiança política ao Presidente da Comissão Politica da Federação de Braga do Partido Socialista, Joaquim Barreto, retirar a confiança política ao membro deste secretariado, Anabela Real e manifestar aos órgãos nacionais do Partido Socialista que não podem ser coniventes com este tipo de atitudes e práticas, devendo para o efeito substituir Joaquim Barreto e Anabela Real na lista de deputados pelo círculo eleitoral de Braga, no âmbito das suas competências estatutárias e salvaguardar, assim, a imagem nacional do PS.

Pensado em siN Noticias
Recomendado

Últimas Noticías

PS Barcelos retira a confiança política a Joaquim Barreto e Anabela Real demitindo-a do secretariado concelhio e pede ao PS nacional que os retire...

Após a concelhia ter escolhido o nome de Manuel Mota para figurar nas listas à Assembleia da República, Joaquim...

Diogo Cunha é o nome indicado da Distrital de Braga da JS para a lista de deputados

Reuniu sábado, em Cambeses, Barcelos, a Comissão Política da Federação de Braga da Juventude Socialista. A Comissão Política Distrital teve,...

Possível ‘volte face’ na UF de Apúlia e Fão

Decorreu esta quinta-feira, pelas 21:30h, na sede da Junta de Freguesia de Fão, nova Assembleia de Freguesia da União...
- Publicidade Institucional -spot_img

Desporto

Marítimo vence Gil Vicente por 2-1

Os gilistas estiveram a vencer graças a um golo...

Rui Costa Branco é o novo Presidente do HC Fão

O Hóquei Clube de Fão, elegeu em Assembleia Geral,...
- Publicidade -spot_imgspot_img