Sexta-feira
Agosto, 12

Santa Clara vence Gil Vicente pela margem mínima em jogo muito disputado

O Santa Clara venceu o Gil Vicente por 1-0, em jogo da quarta jornada da I Liga de futebol, alcançando a primeira vitória no campeonato, num encontro muito disputado, marcado por várias faltas.

O golo decisivo foi apontado por Rui Costa aos 12 minutos, num jogo em que o árbitro mostrou 10 cartões, dois dos quais vermelhos diretos: a Allano, do Santa Clara, e a Ruben Fernandes, do Gil Vicente.

Na véspera do encontro, foi conhecida a demissão de Rui Cordeiro da presidência do clube e da SAD do Santa Clara, espelhando os conflitos internos que assolam os açorianos e que não ficaram de fora do jogo, como revelado pelos apupos dos adeptos ao novo presidente da SAD, o turco Ismael Uzun.

Dentro das quatro linhas, o Santa Clara entrou melhor na partida e conseguiu chegar ao golo aos 12 minutos. Após um livre cobrado rapidamente, Allano correu pela esquerda e cruzou de forma tangencial para Rui Costa, que só teve de encostar.

O Gil Vicente respondeu, quatro minutos depois, por intermédio de Fujimoto, que, depois de trabalhar bem no meio dos centrais, rematou para uma defesa segura de Marco.

Aos 18 minutos, foi o Santa Clara que esteve perto de fazer o segundo golo, num contra-ataque ‘fulminante’ que acabou com um remate forte de Cryzan para uma defesa atenta Kritsyuk.

Em vantagem, a equipa de Daniel Ramos manteve os blocos juntos e manteve a organização defensiva, enquanto o Gil Vicente assumiu o controlo da posse de bola.

Com dificuldades em penetrar no último terço, o melhor que a equipa de Ricardo Soares conseguiu até ao final do primeiro tempo foi mais um remate de Fujimoto, aos 43 minutos, que saiu por cima da baliza da equipa da casa.

No regresso para a segunda parte, o jogo manteve-se equilibrado e muito disputado na zona central. O Santa Clara dominou a posse de bola, mas ambas as equipas mostraram dificuldades em criar lances de golo, também devido às condições do relvado.

O ‘tapete’ do estádio de São Miguel esteve completamente encharcado devido à intensa chuva, dificultando a circulação da bola.

Com o passar do segundo tempo, o Gil Vicente passou a dominar o jogo, mantendo a posse de bola e jogando no meio-campo contrário. A equipa de Barcelos teve várias iniciativas perigosas junto da baliza de Marco, mas não conseguiu, contudo, criar oportunidades de golo.

Aos 70 minutos, uma confusão entre vários jogadores resultou numa dupla expulsão: Allano, do Santa Clara, e Ruben Fernandes, do Gil Vicente.

Já com as duas equipas a jogarem com 10 jogadores, aos 79 minutos, Jean Patric arrancou pela direita e esteve perto de fazer o segundo golo, mas o remate saiu a rasar a poste da baliza contrária.

Até ao final do encontro, a equipa de Barcelos ‘bombardeou’ várias bolas para área contrária, mas sem sucesso.

More from the blog

Escola Básica António Rodrigues Sampaio em Marinhas, vai homenagear o Selecionador Nacional de Futsal, Jorge Braz

A culminar uma semana em que o Futsal foi o "prato forte" na Escola Básica António Rodrigues Sampaio, com a realização de torneio, exposição...

Exposição de carros de rali e carros clássicos, 20 e 21 de maio

A ACIB organiza uma exposição de carros no centro da cidade com a presença do Campeão Porsche GT3 CUP, Jorge Areia, e de dezenas...

Já ouviu falar do “Walking Football”? Já pode praticar na Associação Desportiva de Esposende

A Associação Desportiva de Esposende, é pioneira no “Walking Football” no concelho. Esta modalidade nasceu em Inglaterra há cerca de 10 anos, tendo sido...

Alunos da Escola António Correia de Oliveira na Seleção Nacional não-sénior de Badminton

Os atletas Rodrigo Maciel, Hugo Campos e Mariana Marques, da Escola António Correia de Oliveira (EACO), em Esposende, foram convocados para a Seleção Nacional...