Sábado, 18 Maio 2024

#informaçãoSEMfiltro!

Grupo de Acção Social Cristã celebrou protocolo do “Projeto Um Teto para Todos”

Decorreu nas instalações do GASC – Grupo de Acção Social Cristã, a cerimónia de assinatura do Protocolo de Compromisso – Prestação de Serviços de Apoio, Acompanhamento Social e Alojamento em Apartamentos Partilhados, entre o Instituto da Segurança Social, I. P., representado pelo Centro Distrital da Segurança Social Braga, na pessoa do Diretor, João Ferreira e o GASC, com vista à formalização do “Projeto Um Teto para Todos”.

Nesta cerimónia estiveram também presentes o Gestor Executivo da Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem Abrigo, Henrique Joaquim, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, bem como alguns dos residentes nas habitações.

“Este Protocolo de Compromisso traz ao GASC e à rede de parceiros do “Projeto Um Teto Para Todos”, nomeadamente o IHRU e a Câmara Municipal de Barcelos, um novo organismo central nesta resposta, a Segurança Social, que potenciará novas sinergias e um novo impulso a esta resposta, capacitando-a e dotando-a de mais mecanismos e meios para o apoio das pessoas em situação de sem-abrigo, indo de encontro ao preconizado na Estratégia Nacional para a Integração nas Pessoas em Situação de Sem Abrigo (ENIPSSA) 2017-2023 – o reforço da intervenção promotora da integração das pessoas que se encontram nesta situação, bem como um maior conhecimento deste fenómeno”, referem em comunicado.

Após esta cerimónia, seguiu-se uma visita aos 4 apartamentos afetos para este projeto.

A história do Projeto “Um Teto Para Todos” remonta a 2012, ano em que o GASC contactou o IHRU de forma a se avaliar a possibilidade de cedência de uma habitação para dar arranque a este projeto piloto e inovador no concelho de Barcelos, por forma a consolidar uma abordagem estratégica e integrada na prevenção e na intervenção no fenómeno dos sem abrigo, dando seguimento a um trabalho já dinamizado em outras respostas do GASC, nomeadamente o Refeitório Social e o Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social, onde se sentia que era necessário fazer mais, dados os recursos (in)existentes.

Em 2015, este projeto avançou com o alargamento para mais 3 habitações, 2 apartamentos de tipologia T4 e um de tipologia T2, localizando-se no centro urbano da cidade, juntando ao apartamento T4 cedido em 2012, passando a sua capacidade máxima a ser de 14 utentes. Em 2016, foi celebrado um protocolo de parceria com a Câmara Municipal de Barcelos, passando a Autarquia a colaborar com o apoio no financiamento das rendas.

Até à data, passaram pelo Projeto um total de 34 pessoas.

outras notícias

GD Apúlia campeão da 1ª Divisão de iniciados da AFBraga

O Grupo Desportivo de Apúlia sagrou-se campeão distrital da 1ª Divisão de iniciados, após vencer este domingo, no Campo dos Sargaceiros, o Merelinense FC...

Seguros dos Bombeiros Voluntários suportados pelo Município até 2026

Foi aprovado esta manhã em reunião de câmara, a proposta de financiamento de todos os encargos financeiros relativos aos seguros de acidentes de trabalho,...

Desfile de Carnaval infantil adiado para 16 de fevereiro

O Município de Esposende anunciou hoje o adiamento do Desfile de Carnaval “Fantasia Ambiente 2024”, para a próxima sexta-feira, dia 16, pelas 10 horas,...

SIPE Barcelos/Esposende organiza amanhã Seminário “Municipalização e/tem Futuro!?”

O Sindicato Independente de Professores e Educadores (SIPE) vai organizar amanhã, sábado, 27 de janeiro, das 14h às 18h, um Seminário de curta duração...