N SemanárioPolíticaManuel Melo encabeça lista independente à Junta da UF...

Manuel Melo encabeça lista independente à Junta da UF de Apúlia e Fão

-

- Publicidade -

A lista independente para as autárquicas de 26 de setembro foi esta quinta-feira entregue no Tribunal de Esposende para validação, por Manuel Melo, atual membro do executivo da junta eleito pelo PS.

Num ato de contestação à chamada ‘Lei Relvas’ de 2013 e mais recentemente ao diploma da Assembleia da República, promulgado por Marcelo Rebelo de Sousa que define o regime jurídico para a modificação de freguesias, mas só para as autárquicas de 2025, Manuel Melo, juntamente com outros cidadãos de vários quadrantes políticos, decidiram apresentar uma lista independente às eleições autárquicas 2021.

“Nenhum partido se portou à altura. Desde quem inicialmente lançou uma lei maléfica para as duas Vilas, que foi o PSD e o CDS, nem agora o PS, ao não aprovar a tempo e horas” a lei que faz retroceder a agregação de freguesias a tempo destas eleições autárquicas, “achamos oportuno encetar uma candidatura independente”, explica o cabeça de lista Manuel Melo.

Quanto à agregação imposta em 2013, explica: “Nunca fomos a favor. Fão e Apúlia também não querem. E estamos, mais que nunca, focados para no próximo ano, quando faz os seis meses da lei que o Presidente da República promulgou entra em vigor, e a partir daí temos um ano para encetar aquilo que a lei exige para separar as duas Vilas, que é isso que nos foca”.

“É uma lista que está a pensar em tudo. Pensamos o presente e pensamos também no futuro. O presente é agora, e temos de ir a jogo. Se não fossemos a jogo tínhamos ficado de fora. E ao estar dentro temos de lutar com todas as nossas forças para, primeiro ganhar a junta, e depois encetar a desagregação. Depois disto, é todos a cumprir com aquilo que inicialmente se propuseram”, refere o candidato criticando logo de seguida quem se acomodou à atual situação: “São todos contra, mas todos aceitam isto”.

Continuando num tom crítico, Manuel Melo deixa um desabafo. “Se todos abandonassem os partidos, talvez os partidos aprendessem a nunca mais fazerem leis contra o povo. E o povo é quem mais ordena. Nós queremos as nossas Vilas de volta e queremos ser livres. Não queremos andar aqui debaixo do jogo de ninguém. Foi uma lei que só prejudicou quer o concelho num todo, mas principalmente Apúlia e Fão”.

Sobre se esta candidatura independente irá dividir os votos do PS e assim abrir caminho para a vitória do PSD na união de freguesias, Manuel Melo foi perentório: “É uma candidatura que não tem nada a ver com partidos. Temos componentes nesta lista de todos os quadrantes políticos. Estamos pelas nossas terras, quer por Apúlia quer por Fão. Os partidos não merecem neste momento a nossa confiança. Por isso nós temos de mostrar um cartão vermelho aos partidos. Se todos assim o fizessem, os partidos talvez aprendessem e respeitassem mais a vontade popular”, finalizou.

Pensado em siN Noticias
Recomendado

Últimas Noticías

Manuel Melo encabeça lista independente à Junta da UF de Apúlia e Fão

A lista independente para as autárquicas de 26 de setembro foi esta quinta-feira entregue no Tribunal de Esposende para...

Lista independente para a UF de Palmeira e Curvos encabeçada por Fernando Carvalho

Fernando Carvalho, Mário Lomba, Fábia Vale e Sandra Gonçalves são os primeiros quatro candidatos pela lista independente 'Unidos por...

TC indefere providência cautelar para “travar” candidato do PSD a Barcelos

O Tribunal Constitucional indeferiu a providência cautelar que pretendia “travar” a indigitação de Mário Constantino como candidato do PSD...
- Publicidade Institucional -spot_img

Desporto

GEMESES SOBE 3 VEZES AO PÓDIO NO NACIONAL

O grupo cultural desportivo de Gemeses teve uma brilhante...

GCDGEMESES lança equipa de futebol no FIFA21

É uma verdadeira revolução no conceito de desporto e...
- Publicidade -spot_imgspot_img