As obras para transformar o antigo quartel da GNR de Esposende em Arquivo Municipal já arrancaram, representando um investimento de 526 mil euros que pretende preservar o património arquivístico e arquitetónico.

A obra tem um prazo de execução de 270 dias e o novo espaço estará dotado com valências tecnológicas que facilitem a consulta, a pesquisa, a investigação e contribuam para o melhor conhecimento da História local

Com esta adaptação, a autarquia “pretende aliar a mudança de instalações à implantação de novos modelos de gestão documental”, sendo que “este projeto encerra uma forte aposta nas novas tecnologias, evidenciando, em simultâneo, a descentralização dos serviços para ampliar, aperfeiçoar e desenvolver uma melhor prestação de serviços públicos por parte da autarquia”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here