Tendo sido renovado o Estado de Emergência, que vigorará até ao dia 7 de dezembro, e estando Esposende na lista dos Concelhos de Risco Muito Elevado de contágio de Covid-19, mantém-se a obrigação de cumprimento de um conjunto de medidas em todo o território concelhio.

Assim, ao longo deste período, continua proibida a circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00 nos dias de semana, bem como aos sábados e domingos a partir das 13h00 até às 5h00, sendo que, nos feriados de 1 e 8 de dezembro, também não será permitido circular na via pública entre as 13h00 e as 5h00.

Já nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, os estabelecimentos comerciais devem encerrar às 15h00. Tendo sido concedida tolerância de ponto para a função pública nestes dois dias, todos os serviços municipais e demais repartições públicas estarão encerrados, tal como os estabelecimentos de educação e ensino. Estão ainda abrangidas as entidades do setor social e solidário de educação pré-escolar, básica, secundária e superior e em equipamentos sociais de apoio à primeira infância ou deficiência, bem como nos centros de formação.

Durante este que é o quinto Estado de Emergência, mantêm-se os horários de abertura dos estabelecimentos até às 22h00, salvo restaurantes e equipamentos culturais, que encerram às 22h30. Neste período está também prevista a realização de ações de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório.

Para além destas medidas para combater a Covid-19, o concelho de Esposende encontra-se ainda abrangido pelas medidas aplicadas a todo o território nacional, nomeadamente a proibição de circulação entre concelhos entre as 23h00 e as 5h00, nos períodos de 27 de novembro a 2 de dezembro e de 4 a 9 de dezembro, o uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho, bem como a tolerância de ponto e suspensão da atividade letiva e apelo à dispensa de trabalhadores do setor privado nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro.

Não obstante o Estado de Emergência em vigor, mantém-se a realização da Feira Quinzenal e a atividade do Mercado Municipal de Esposende, tal como definido no Plano de Contingência do Município, sendo que, no dia 30 de novembro, tanto a Feira como o Mercado encerram às 15h00.

“Sendo as medidas de combate à Covid-19 aplicadas consoante a situação epidemiológica verificada em cada concelho, é preponderante que cada cidadão cumpra a sua parte, contribuindo para que Esposende possa reverter a situação em que se encontra, ou seja, para reduzir o número de casos de infeção”, assinala o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira.

O autarca repete o apelo para o rigoroso cumprimento das medidas decretadas e apela à resiliência dos cidadãos face a este período difícil, dirigindo a todos uma palavra de estímulo e de esperança.voltar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here