A Secção de Esposende do PS repudia totalmente o acordo assinado pelo presidente da Câmara de Esposende, como anunciado pelo próprio, para voltar a colocar alguns “sacos de areia” na Barra do Cávado, pois tal solução já demonstrou não resultar e ser contrária a uma obra digna desse nome na Barra.
O contrato que o presidente da Câmara assinou não serve os interesses de Esposende e na opinião do PS, só beneficia o empreiteiro que foi acionado judicialmente por incumprimento.
E adianta que do presidente da Câmara de Esposende já nada se pode esperar, e do seu “muito amigo” Vice-Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, há muito que deu mostras de que não merece minimamente respeito nem a nossa confiança. Para o PS, o acordo que o presidente e o “seu amigo” fizeram sobre os “sacos de areia” lesa escandalosamente o interesse público e é um caso de polícia, que, como tal, deverá ser tratado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here