Quinta-feira, 22 Fevereiro 2024

#informaçãoSEMfiltro!

”ANDAM A BRINCAR COM A SAÚDE DA POPULAÇÃO DO CONCELHO DE ESPOSENDE” acusa o JPNT

O JPNT em comunicado diz que ”Este é um tema ao qual não vamos deixar de dar toda a atenção. Porquê? Simplesmente porque com a saúde das pessoas não se pode brincar!!!

”E sentimos que é isto que tem sido feito nos últimos meses. Senão vejamos:

1Os centros de saúde e as unidades de saúde foram encerrados por via da pandemia;

2 Ficou aberto apenas o Centro de Saúde Esposende;

3A muito custo e após grande pressão da população, abriu o Centro de Saúde de Fão;

4 – Foi feita a promessa de abertura das unidades de saúde de Apúlia, Forjães e Belinho para Julho e depois para Agosto;

5 – Os motivos invocados para os atrasos prendiam-se com necessidade de pequenas obras de adaptação, falta de sinalética e necessidade de mais recursos humanos;

6 – Julho passou, Agosto está a terminar e nem sinal de abertura das unidades de saúde.

Entretanto as nossas comunidades deixaram de ser assistidas, aguardam há largos meses por consultas, deixaram de ser acompanhadas como precisam, deixaram de fazer exames, deixaram de realizar ações de controlo, deixaram de fazer análises, entre muitas outras necessidades básicas. Soubemos hoje, através de notícia da Câmara Municipal (https://www.municipio.esposende.pt/pages/702?news_id=5359 ) que a última justificação apresentada para a não abertura dos equipamentos é a sua condição física. Refere a nota de imprensa que “nesta reunião foi o Município de Esposende confrontado com novas necessidades que nada têm a ver com a situação da pandemia provocada pela COVID-19, mas antes decorrentes do abandono e falta de manutenção que esses edifícios estatais registam. “Refere a mesma nota de imprensa que “o Município de Esposende reiterou, ainda, que jamais aceitará que as unidades de saúde que estão encerradas sejam desativadas definitivamente, disponibilizando-se desde logo, para preparar a transferência das valências de saúde para o Município…”Perante isto, ficam algumas questões:

a) Tal como noutros setores e áreas, não terá sido a pandemia resultante do COVID 19 uma desculpa e justificação para concretizar o que vinha sendo planeado, ou seja, o encerramento das unidades de saúde de Apúlia, Forjães e Belinho?

b) Será que em apenas 5 meses os edifícios ficaram assim tão degradados, ainda por cima sem o uso normal?

c) Se a Câmara Municipal se prepara para investir alguns milhares de euros na intervenção a realizar no Centro de Saúde de Esposende, porque não disponibiliza o mesmo tipo de apoio para recuperar os edifícios que necessitam de intervenção?

d) No dia 18 de Junho o senhor Presidente da Câmara Municipal referiu o seguinte: “Quanto aos centros de saúde tudo se resume a uma coisa, nós não aceitamos competências no âmbito da saúde, a estratégia de encerramento ou abertura, não é competência nossa”. (página 4 da ata: https://www.municipio.esposende.pt/cmesposende/uploads/document/file/3386/ata_13_2020_06_18.pdf)

Em que ficamos afinal?

Perante todas estas posições do Executivo da Câmara Municipal, que se tem preocupado mais em defender o senhor Diretor do ACES Cávado do que os esposendenses, ficamos com a noção de que ou as populações defendem os seus direitos e interesses, ou ciclicamente, de mês a mês, os nossos representantes políticos vão divulgar notas de imprensa muito bem elaboradas, com muitas justificações, sacudindo a água do capote, mas que em nada resolve as necessidades das nossas populações, principalmente a mais idosa. Da nossa parte, continuaremos empenhados em fazer lembrar o senhor Presidente e o Executivo Municipal dos compromissos que tem com a população do concelho, pois as condições de acesso à saúde das nossas comunidades não têm a dignidade exigidas e que são um direito de todos!” Refere o comunicado

JPNT - Juntos Pela Nossa Terra - Home | Facebook

outras notícias

Seguros dos Bombeiros Voluntários suportados pelo Município até 2026

Foi aprovado esta manhã em reunião de câmara, a proposta de financiamento de todos os encargos financeiros relativos aos seguros de acidentes de trabalho,...

Desfile de Carnaval infantil adiado para 16 de fevereiro

O Município de Esposende anunciou hoje o adiamento do Desfile de Carnaval “Fantasia Ambiente 2024”, para a próxima sexta-feira, dia 16, pelas 10 horas,...

SIPE Barcelos/Esposende organiza amanhã Seminário “Municipalização e/tem Futuro!?”

O Sindicato Independente de Professores e Educadores (SIPE) vai organizar amanhã, sábado, 27 de janeiro, das 14h às 18h, um Seminário de curta duração...

Hoje A TERRA TREME às 11:14

A TERRA TREME é um exercício nacional de sensibilização para o risco sísmico promovido anualmente pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em colaboração...